Direct Selling 2018

Vendas diretas crescem no mundo e Brasil segue líder na América Latina

País ocupa a 6ª posição em lista da WFDSA

Dados divulgados pela World Federation of Direct Selling Associations (WFDSA), federação que reúne as associações de vendas diretas, mostram a força do setor pelo mundo. O movimento de negócios passou de US$ 190,6 bilhões, em 2017, para US$ 192,9 bilhões no ano passado, o que representa uma alta anual de 1,2%.

Mais pessoas se dedicam à atividade: Se em 2017, 116,6 milhões de pessoas atuavam com vendas diretas pelo mundo, no ano seguinte o número pulou para 118,4 milhões.

Além do crescimento do setor em vendas e do número de pessoas que trabalham com a atividade, os dados da WFDSA trouxeram uma outra novidade: a China ultrapassou os Estados Unidos e agora é a líder do ranking mundial no mercado de Venda Direta. Coreia do Sul, Alemanha, Japão e Brasil completam a lista dos seis maiores mercados de vendas diretas no mundo.

O trabalho da ABEVD junto a seus associados e à sociedade para promover a ética e imagem positiva das vendas diretas foi reconhecido pela WFDSA. A federação mundial concedeu o Status Gold de boas práticas e padrões organizacionais de desempenho à associação brasileira, na mais recente reunião da entidade realizada em Milão, na Itália.

Preencha o formulário e faça
o download completo da pesquisa da WFDSA

Clique e faça download da pesquisa Direct Selling in 2018